Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Me Cookies and Milk

Me Cookies and Milk

Primeiro aniversário

l6ylvm-fjxc-sofiya-levchenko.jpg

Sabes Martim, a festa do teu primeiro aniversário não foi exactamente como imaginei.

Ora bem, primeiro, na véspera, arranjaste uma bronquiolite. Assim do nada, sem sintomas que fizessem prever este diagnóstico. Achei apenas que puxavas muito para respirar, decidi levar-te ao médico e pronto saímos de lá com a bronquiolite.

Passei as 2 semanas antes a tentar convencer os avós a fazermos a festa em casa. Por eles tínhamos ido ao restaurante. Mas crianças e restaurantes não combinam, pelo que até poucos dias antes do teu aniversário andei a choramingar para que fosse em casa a festa.

Os teus padrinhos foram a Lisboa ver o cirque de soleil, a avó, assim como ¾ da população Portuguesa, estava com uma gripe daquelas, e o resto dos poucos convidados estavam assim também para o nauseados… Resumindo a festa foi uma grande animação. Começava numa ponta a falar de gripes e acabava na outra a falar do Sporting… só desgraças, enfim.

O teu bolo de aniversário ia ser feito por uma colega que faz bolos deliciosos e bonitos. Na véspera foi surpreendida pelo namorado com um fim de semana romântico e lá se foi a encomenda do bolo. Mentalizei-me que tinha de ser eu a faze-lo (que responsabilidade) até que tive a ideia de o fazer com o Dinis. Não ia ficar super delicioso mas pelo menos íamo-nos divertir a faze-lo. Embora tivesse suplicado à avó para não o fazer, ela apanhou-nos fora de casa e fez o bolo. Eu fiquei triste, o Dinis chateado e o pai aborrecido por eu ter ficado triste e o Dinis chateado. Uma animação como podes ver.

Durante o lanche o Dinis fez 500 birras, o que dava uma média de 2 birras por segundo. Lanchámos, cantámos os parabéns, arrumámos a loiça e ala que se faz tarde… A festa acabou cedo, tu estiveste sempre feliz e nós ficamos felizes por te ver assim, porque pelo resto… bem, não foi a festa que imaginei para ti, mas isso pouco importa… Comemoramo-la juntos e isso é o mais importante.