Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Me Cookies and Milk

Me Cookies and Milk

Personagens no trabalho #1

Isto de mudar de emprego “dói pa burro”. Não conhecemos ninguém, não sabemos em que podemos confiar, e aqueles que até parecem ser de confiança nos fazem duvidar, momentaneamente, se serão assim tão porreiros como aparentam.

A vida é uma selva. A vida empresarial é a amazónia no seu estado mais puro cruzada com o deserto de Atacama. Basicamente é um habitat muito difícil de se viver e com espécies muito características:

O famoso "Lambe-botas": É o típico funcionário que elogia a torto e a direito tudo o que o seus chefes fazem. É aquele que se ri de uma piada seca, mesmo que não a tenha compreendido, que adora Heavy Metal se o chefe de secção adorar, que vê a Casa dos Segredos se a Directora dos Recursos Humanos gostar, que é do Sporting para o Sub-chefe, do Benfica para o Director Financeiro, do Porto para o Administrador e tem uma costela da Académica para a mulher do Administrador.

O famoso “Ai se fosse comigo!”: Basicamente é o típico funcionário que ameaça fazer e acontecer tudo e a todos (nas suas costas). Quando lhe aparecem à frente encarna a personagem do “lambe botas”.

O famoso “Engraçadinho”: É aquele tipo que se acha demasiado bonito e inteligente e, se já não bastassem estas características, acha-se o gajo mais engraçado do galinheiro. Desata a gozar com toda gente, os “lambe-botas” riem-se e ele acha-se o maior. É o típico gajo que, com certeza, deve andar a toque de vassoura em casa, e usa as pessoas do trabalho para se sentir superior e super interessante.

O famoso “Desconfiado”: É aquele colega que fica a olhar para ti sem pestanejar quanto tiras café. Ouve com a cabeça inclinada e sobrolho franzido enquanto tu falas, mesmo que estejas apenas a dizer o teu nome.

O famoso “Scanner”: É um colega que quando chegas os olhos dele percorrem desde os teus pés até à tua cabeça sem pestanejar. Repara nas capas das sandálias que estão gastas até à cor do teu travessão que não combina com a cor do teu cabelo.

O famoso “Deita abaixo”: É aquele colega que se sente ameaçado pelo teu trabalho e desata a fazer comentários sobre a tua inexperiência na área e faz questão de relatar os teus erros a bom som para toda gente ouvir, sentindo-se assim melhor na sua insignificância.

E pronto, é isto. Felizmente estas espécies são facilmente detectadas pelo que não corro grande risco de ser mordia por alguma delas… Mas é melhor manter os olhos bem abertos. 

PS: Também há espécies muito boas por lá. Um dia falarei delas